Avaliação de resposta isquêmica na presença de discordância entre a probabilidade de doença arterial coronariana e os achados clínicos, eletrocardiográficos e o teste ergométrico.
Na presença de alterações no eletrocardiograma de repouso que dificultam a interpretação do teste ergométrico: bloqueio de ramo esquerdo, marca-passo, sobrecarga ventricular esquerda e Síndrome de Wolf Parkinson White.